Moçambique/Relações Internacionais

Moçambique e Tanzânia reconhecem necessidade de cooperar contra terrorismo

Jaime Neto, Ministro moçambicano da Defesa (foto de arquivo) reconhece a necessidade de cooperação entre Moçambique e a Tanzânia, na luta contra o terrorismo.
Jaime Neto, Ministro moçambicano da Defesa (foto de arquivo) reconhece a necessidade de cooperação entre Moçambique e a Tanzânia, na luta contra o terrorismo. © Lusa

Moçambique e Tanzânia reconhecem a necessidade de se reforçar a cooperação bilateral para combater o terrorismo. Trata-se de um fenómeno que afecta desde 2017 a província de Cabo Delgado e o sul do país vizinho. 

Publicidade

A necessidade de cooperação com a Tanzânia na luta contra o terrorismo foi realçada pelo Ministro da Defesa de Moçambique, Jaime Neto, que participou na comissão conjunta de defesa e segurança entre os dois países. 

"A sofisticação e a gravidade dos ataques à segurança e os seus riscos são enormes. Não podemos permitir que a soberania dos nossos Estados seja posta em causa por forças estranhas aos interesses das nossas nações".

 Perante o facto de  terrorismo também afectar o sul da República Unida da Tanzânia, o ministro moçambicano da Defesa reconhece que os desafios são vários.  

"Somos desafiados por uma conjuntura internacional, regional cada vez mais complexa dominada pelo rápido expansionismo do terrorismo , imigração ilegal e crime organizado transnacional.", disse Jaime Neto.

A comissão conjunta de defesa e segurança esteve reunida ao longo do fim de semana em Dar es Salam, onde Moçambique esteve também representado pelo Ministro do Interior, Amade Miquidade.

 

Ouça aqui a correspondência de Orfeu Lisboa:

Correspondência de Moçambique, 7/6/2021

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI