Restabelecimento energia elétrica/Cabo Delgado

Moçambique: Distritos de Cabo Delgado terão energia elétrica até final do mês

Entrada do terminal rodoviário de passageiros de Pemba, Cabo Delgado, Moçambique, 19 de agosto de 2021.
Entrada do terminal rodoviário de passageiros de Pemba, Cabo Delgado, Moçambique, 19 de agosto de 2021. © LUSA - LUÍSA NHANTUMBO

Até final deste mês, todos os distritos da província de Cabo Delgado, alvo de ataques terroristas e agora sob controlo das forcas governamentais, terão a energia elétrica restabelecida. A notícia foi dada pelo ministro dos Recursos Minerais e Energia, Max Tonela, que admite, por outro lado, falta de fundos para a execução plena dos trabalhos para a reposição normal da corrente elétrica aos consumidores. 

Publicidade

Um ano após a destruição da sub-estação de Awasse, em Cabo Delgado, mais de vinte mil pessoas vivem às escuras em vários distritos desta província rica em recursos naturais, confirma o ministro dos recursos minerais e energia, Max Tonela, que garante que já há trabalhos em curso para o restabelecimento da corrente elétrica nas zonas recuperadas pelas tropas nacionais e estrangeiras das mãos dos terroristas e com custos estimados em 11 milhões de dólares . 

"Sexta-feira foi retomado o fornecimento da rede nacional a Mueda. Neste momento, temos as equipas na linha para Nangade, teremos equipas a trabalhar na rede para Mocímboa da Praia e sucessivamente para Palma e a nossa perspectiva é que até final do mês de Setembro, nós possamos ter os serviços mínimos", começou por dizer Max Tonela.

Para a reposição em pleno, o governo, revela Max Tonela, necessita de mais 10 milhões de dólares adicionais  

"Vamos ter que trabalhar depois para investimentos mais de vulto na sub-estação de Awasse", referiu ainda. 

Até ao momento, apenas um dos cinco distritos da província de Cabo Delgado, norte de Moçambique, viu retomado o fornecimento da corrente elétrica. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI