Moçambique/ Sociedade

Cidadão ruandês residente em Moçambique assassinado a tiro na Matola

Patrulha da Polícia nas ruas de Maputo, capital dde Moçambique e da  província de Maputo, onde  foi assassinado  um empresário ruandês. Segundo a polícia de Maputo, não se sabe quais as motivações por detrás do assassínio.
Patrulha da Polícia nas ruas de Maputo, capital dde Moçambique e da província de Maputo, onde foi assassinado um empresário ruandês. Segundo a polícia de Maputo, não se sabe quais as motivações por detrás do assassínio. Reuters

A polícia moçambicana confirma o assassínio de um cidadão ruandês, de 49 anos que desenvolvia actividade comercial na província de Maputo, por homens desconhecidos e ora a monte.As autoridades garantem estar mobilizadas para clarificar este caso. Orfeu Lisboa, em Maputo, tem mais informação.

Publicidade

Foi em conferência de imprensa que a porta-voz da Polícia, na província de Maputo, Carmínia Leite, explicou como  é que o vice Presidente da Associação dos refugiados ruandeses em Mocambique foi assassinado, num acto ocorrido há menos de 24 horas no Bairro da Liberdade, no município da Matola.

"Indivíduos não identificados e a monte que se faziam transportar em duas viaturas bloquearam a viatura de marca Toyota Vitz em que se fazia transportar um cidadão de nacionalidade ruandesa, efectuaram disparos tendo atingido o condutor identificado, que foi socorrido de imediato para a clínica onde foi declarado o óbito. ", afirmou Carmínia Leite

A Polícia,na província de Maputo, garante que ainda não são conhecidas as motivações por detrás do assassínio de Karemandingo Revocat.  

"Solicitou-se a brigada técnica do SERNIC para a perícia e diligências em curso para o esclarecimento do caso", segundo a  porta-voz da Polícia,na  província de Maputo.  

Este é mais um incidente envolvendo um cidadão ruandês depois de, em Maio, o jornalista exilado em Mocambique Ntamuhanga Cassien ter sido raptado na ilha de Inhaca, num acto visto como uma perseguição do presidente Paul Kagame aos seus opositores, segundo a Associação dos Ruandeses Refugiados em Mocambique.

 

Ouça aqui a correspondência de Orfeu Lisboa em Maputo.

Correspondência Orfeu Lisboa. Maputo 14 09 2021

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI