Moçambique: Lutero Simango vai concorrer à liderança do MDM

Imagem de arquivo da cidade da Beira, Moçambique.
Imagem de arquivo da cidade da Beira, Moçambique. AFP - GIANLUIGI GUERCIA

O irmão mais velho de Daviz Simango, também autarca da cidade da Beira, vai concorrer a Presidente do MDM. Lutero Simango garante que vai trabalhar para dar continuidade à obra deixada e levar a terceira maior força do país e na oposição ao poder é a grande missão caso vença nas eleições internas que terão lugar em Dezembro. Lutero Simango já submeteu a sua candidatura, com o forte apoio da liga feminina do MDM.

Publicidade

Unir militantes em nome de um objectivo comum é apontada como a principal missão rumo à governação do pais. “A nossa candidatura quer manter bem viva a chama do MDM. O MDM tem de continuar a viver por mais tempo e o MDM tem de continuar a trabalhar para governar Moçambique. Este é que é o nosso objectivo”, afirmou Lutero Simango.

O actual chefe da bancada parlamentar do MDM vai ter como concorrentes já confirmados os deputados Silvério Ronguane e José Domingo, este último, actual secretário-geral do partido.

 O período reservado à submissão de candidaturas encerra hoje, 30 de Setembro. As eleições terão lugar em Dezembro e durante o terceiro congresso do MDM vai ser conhecido o novo presidente que sucede a  a Daviz Simango, antigo autarca da Beira, falecido no início deste ano na África do Sul, vítima de doença. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI