Moçambique

Moçambique : MDM acusa governo de gastar muito dinheiro em armas

Daviz Simango, presidente do  Movimento Democrático de Moçambique ( MDM)
Daviz Simango, presidente do Movimento Democrático de Moçambique ( MDM)

Daviz Simango, presidente do Movimento Democrático de Moçambique, um dos partidos da oposição, tece críticas ao Governo, acusando-o de gastar muito dinheiro com a compra de material de guerra, em vez de dar prioridade aos sectores da Saúde ou da Educação. 

Publicidade

Com o país mergulhado na crise político-militar caracterizada por violentos confrontos armados opondo as forças governamentais e os guerrilheiros da Renamo ( principal partido da oposição), Daviz Simango, presidente do Movimento Democrático de Moçambique (MDM ) lança críticas ao Executivo, que acusa de estar a investir mais na guerra em detrimento de sectores - chave para o desenvolvimento, como a Educação e a Saúde.

Daviz Simango, presidente da terceira maior força política do país, e na oposição, falava em Quelimane, durante a abertura de uma reunião com os dirigentes das quatro autarquias, onde o seu partido está a governar, e defendeu a independência dos órgãos de Justiça.

Oiça aqui o correspondente da RFI em Moçambique, Orfeu Lisboa :

 

O MDM acusa o Executivo de gastar muito dinheiro em armamento

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI