Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Marcelo prepara primeira visita oficial a Moçambique

O presidente português Marcelo Rebelo de Sousa, em Lourinhã, Portugal, no dia 14 de janeiro de 2016
O presidente português Marcelo Rebelo de Sousa, em Lourinhã, Portugal, no dia 14 de janeiro de 2016 Reuters
Texto por: RFI
2 min

O presidente português está hoje em Roma para encontrar-se com a Comunidade de Sant'Egídio, uma organição católica que esteve envolvida no processo de paz em Moçambique. Ainda hoje, Marcelo Rebelo de Sousa partirá para o país africano que ele qualifica de "segunda pátria".

Publicidade

A visita oficial de Marcelo Rebelo de Sousa a Roma pouco tem a ver com Itália. O presidente português encontra-se hoje com a Comunidade de Sant'Egídio, localizada no bairro Trastevere da Cidade Eterna.

A organização católica teve um papel importante de mediação nas negociações que levaram à assinatura do Acordo Geral de Paz entre Frelimo e Renamo, em Roma, a 4 outubro de 1992, após 16 anos de guerra civil.

O Chefe de Estado irá partir de Roma para Maputo onde se deve reunir com vários interlocutores do governo moçambicano, nomeadamente o presidente Filipe Nyusi, e empresários.

Esta visita acontece numa altura de tensão político-militar entre o Governo da Frelimo e a Renamo, e de polémica sobre o endividamento público.

O pai de Marcelo, Baltazar Rebelo de Sousa foi governador da província ultramarina na época do Estado Novo, de 1968 a 1970, então em plena guerra colonial.

O jovem Marcelo Rebelo de Sousa visitou com frequência o país entre os 19 e os 20 anos e guardou uma ligação especial com o que ele considera a sua "segunda pátria".

A última vez que veio a Moçambique foi em Dezembro de 2015 quando, já como candidato à presidencial portuguesa, participou no primeiro Fórum Social e Económico de Moçambique.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.