Moçambique

Situação de insegurança militar controlada em Moçambique

Gorongosa, província de Sofala, em Moçambique
Gorongosa, província de Sofala, em Moçambique http://www.geos.ed.ac.uk/miombo/Location.html

As autoridades moçambicanas da defesa e segurança garantiram que a situação de insegurança militar provocada pelos homens da Renamo, o maior partido da oposição, sobretudo nas regiões centro e norte do país, está controlada e descartam para já qualquer intervenção externa.

Publicidade

As Forças de Defesa e Segurança moçambicanas estão a controlar a insegurança militar protagonizada pelos homens armados da Renamo, principal partido da oposição, na região centro e norte de Moçambique garantiu o vice-ministro da defesa nacional Patrício José.

A posição foi reforçada por Chongo Vidigal, Porta-voz da Reunião do Sub-Comité de Defesa e Segurança da SADC que decorre na Matola; "a situação ainda não atingiu extremos em que haja necessidade de uma intervenção, aliás a SADC tem um artigo que se pode sustentar caso haja necessidade, mas penso que este não seja o caso. Estamos numa fase em que é possível controlarmos o conflito internamente."

A vigésima quarta reunião do Sub Comité da Defesa da SADC realiza-se sob o lema “contribuindo para a paz, Estabilidade e Segurança na SADC”. No encontro de dois dias e, que, encerra nesta terça-feira, os 12 dos 15 Chefes de Estado Maior da Defesa da África Austral defenderam a operacionalização da Força Africana em Estado de alerta como relata o nosso correspondente em Maputo, Orfeu Lisboa.

Correspondência de Maputo

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI