Moçambique

Mau tempo provoca 12 mortos em Maputo

Mau tempo em Maputo
Mau tempo em Maputo Orfeu Lisboa/RFI
Texto por: RFI
5 min

Doze pessoas morreram e vinte e nove ficaram feridas ontem à noite em Maputo devido à tempestade que se abateu sobre a capital. O Instituto Nacional de Meteorologia afirma que o mau tempo deverá afectar, nas próximas horas, as províncias de Manica, Sofala e Tete no centro de Moçambique.

Publicidade

O último balanço foi feita esta tarde em Conselho de ministros e dá conta de  12 mortos e deixou 29 feridos. Os ventos com rajadas da ordem dos 80 kms/hora, chuva e trovoadas fortes deixaram um cenário de destruição na capital moçambicana. Quinhentas e vinte duas casas,sete escolas, vinte e duas salas de aula e doze unidades sanitárias ficaram destruídas. 

As intempéries fizeram-se sentir ainda nas províncias de Maputo, Gaza e Inhambane, no sul do país, onde milhares de pessoas permanecem privadas de corrente eléctrica revelou Luís Amado Porta-voz da empresa pública Electricidade de Moçambique.

"Postes que caíram, linhas cortadas. A grande dimensão neste momento vai para toda a província de Inhambane que está fora de serviço, porque rebentou-nos o condutor de guarda da linha que liga Xai-Xai a Inhambane. As equipas estão neste momento no terrenos, em todas a tentarem fazer o estabelecimento de energia".

 

O Instituto Nacional de Meteorologia explica que fenómeno se deve às altas temperaturas que se registam ao longo do dia e ao elevado grau de nebulosidade no período da noite que juntos acabam por potenciar a forte queda de precipitação.

Os responsáveis avançam que o mau tempo deverá afectar nas próximas horas as províncias de Manica, Sofala e Tete no centro de Moçambique.

Correspondência de Orfeu Lisboa

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI