Política/Moçambique

Moçambique: Renamo quer explicações sobre assassínio de membro em Nampula

Manuel Bissopo, secretário-geral da RENAMO
Manuel Bissopo, secretário-geral da RENAMO

O secretário Geral da Renamo, Manuel Bissopo, acusa o regime de promover o assassinío dos membros e simpatizantes do seu partido. Manuel Bissopo tinha sido baleado no dia 20 de Janeiro na cidade da Beira, no centro dde Moçambique, por homens armados. No decurso da tentativa de assassínio ocorrida na cidade da Beira, onde se deslocara para uma actividade partidária, o guarda-costas de Bissopo foi morto. Para os analistas locais, as relações tensas entre o partido no poder e a Renamo, tornaram-se um obstáculo à paz e ao desenvolvimento de Moçambique.

Publicidade

 

Prevalece a tensão entre a Frelimo, no poder e a Renamo , principal partido da oposição, que segundo observadores locais, põe em causa a paz e a definitiva reconciliação entre moçambicanos. Por ocasião da última sessão parlamentar consagrada às perguntas das bancadas ao Executivo, o porta-voz da RENAMO, José Lopes considerou que o Governo não respondeu de forma credível às questões da paz e reconciliação nacional. Lopes reiterou que, para que haja desenvolvimento é necessário uma paz verdadeira em Moçambique.

 Segundo Manuel Bissopo, quadros e simpatizantes da Renamo continuam a ser vítimas de perseguição em Moçambique. O secretário-geral do principal partido da oposição, imputa à Frelimo, partido no poder, a responsabilidade do actual clima de tensão que tem degenerado em violência contra dirigentes da Renamo. A última vítima da referida perseguição foi José Murevete, membro da Assembleia Provincial da RENAMO em Nampula, morto a tiro na noite de quinta-feira na sua residência junto à um posto de polícia. Os dirigentes da Renamo acusam as autoridades policiais de negligência, no respeitante ao apuramento dos factos. Zacarias Nacute, porta-voz da Polícia em Nampula, refuta as acusações e garante que o incidente relacionado com José Murevete está a ser investigado.A Renamo deseja respostas mais concretas, da parte das autoridades moçambicanas.

 

Correspondência Orfeu Lisboa . Maputo

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI