Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Falta de combustível ameaça Moçambique

Falta de combustível ameaça Moçambique
Falta de combustível ameaça Moçambique AFP/Philippe Huguen
Texto por: RFI
3 min

Em Moçambique a falta de combustíveis está a perturbar a actividade empresarial e a afectar o serviço de transportes de passageiros, no país. Em algumas cidades a escassez está a abrir especulação no mercado informal e a provocar o descontentamento da população.  

Publicidade

A falta de combustíveis continua a afectar algumas das principais cidades moçambicanas mesmo depois do governo ter garantido que a situação estava resolvida.

"Disseram que havia combustível, mas até hoje não há combustível", afirma um popular ao microfone da RFI.

Nas cidades de Chimoio no centro e Nampula no norte do país, por exemplo, a situação está a abrir espaço para a especulação no mercado informal

"Quando chega na bomba não tem combustível, mas há pessoas com botijas lá fora que estão a vender por 100 meticais cada litro", denuncia outro popular.

A falta de combustíveis está prejudicar a actividade empresarial e a afectar o serviço de transportes de passageiros.

Correspondência de Orfeu Lisboa

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.