Moçambique

Moçambique: MDM quer revisão constitucional

Daviz Simango, Líder do MDM. 13 de Outubro de 2014.
Daviz Simango, Líder do MDM. 13 de Outubro de 2014. GIANLUIGI GUERCIA / AFP

O presidente do Movimento Democrático de Moçambique, Daviz Simango, defende a revisão da Constituição e da lei eleitoral antes das eleições de 2018 e 2019 para que o país não volte a viver crises pós- eleitorais.

Publicidade

O presidente do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), Daviz Simango, defendeu que é tempo de o povo escolher os seus governadores. Simango, que falava num comício popular na cidade da Beira, defendeu a revisão da Constituição e da lei eleitoral antes das eleições de 2018 e 2019.

O presidente do MDM, terceira força política e na oposição, considera que o país não pode continuar a viver “uma democracia armada”.

Oiça aqui a reportagem de Orfeu Lisboa, correspondente em Maputo.

Orfeu Lisboa, Correspondente em Maputo

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI