Moçambique

Dhlakama diz que paz está para breve

Afonso Dhlakama, presidente da Renamo.
Afonso Dhlakama, presidente da Renamo. GIANLUIGI GUERCIA / AFP

Em Moçambique, o líder da Renamo, maior partido da oposição, diz que paz está para breve. A avaliar pelo ritmo das negociações, Afonso Dhlakama, reagiu assim à retirada das forcas de defesa e segurança junto dos quartéis da Renamo na Gorongosa, na província de Sofala , no centro do país.

Publicidade

"Estes são sinais positivos que vão ao fim do conflito militar, por isso estamos a negociar a paz efectiva", assim reagiu o líder da Renamo Afonso Dhakama ao anuncio pelo Chefe de Estado moçambicano Filipe Nyusi da ordem de retirada das forcas governamentais que cercavam e ocupavam algumas das bases do principal partido da oposição em Gorongosa na província de Sofala, no centro do país.

Nesta comunicação telefónica com os membros do seu partido, na província da Zambezia, no centro de Moçambique, Afonso Dhlakama revelou que decorrem a de forma positiva, as conversações com o Presidente da Republica Filipe Nyusi como nos relata o nosso correspondente em Maputo, Orfeu Lisboa.

Correspondência de Moçambique

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI