Moçambique

Moçambique vence Zâmbia e Cabo Verde defronta Uganda para CAN

Moçambique ganha Zâmbia na corrida para o CAN, imagem do jornal moçambicano "O País" com a devida vénia
Moçambique ganha Zâmbia na corrida para o CAN, imagem do jornal moçambicano "O País" com a devida vénia DR

Dois países afro-lusófonos, jogam este sábado, na corrida para fases de qualificação do CAN 2019, com Moçambique a ganhar a Zâmbia, enquanto Cabo Verde defronta em casa a selecção do Uganda.

Publicidade

A selecção nacional de futebol de Moçambique, ganhou hoje (10) por 1/0, a Zâmbia, que jogava em casa, na cidade zambiana de Ndola, o que lhe dava uma certa vantagem psicológica..

Mas os rapazes dos "Mambas" estavam galvanizados mesmo para ganhar a Zâmbia, em casa, uma equipa que ganhou o CAN no passado e jogou algumas finais.

Logo, tudo parecia missão quase impossível, para a selecção moçambicana de futebol, mas como se diz, em futebol, enquanto o árbitro não apitar o fim do jogo, tudo é possível.

E no caso concreto, o árbitro apitou mesmo quase no final do jogo, mas para assinalar o primeiro golo de Moçambique, por intermédio do médio, Stanley Ratifo, que joga em Colónia, Alemanha.

O selecionador português, Abel Xavier, consciente do poderio da selecção zambiana, conhecida por "Xipolopolo", tinha declarado à imprensa, que os treinos dos seus rapazes decorreram muito bem, e que a ambição era é alta, quer dizer ganhar o jogo.

Foi o que aconteceu, com os Mambas a bater aos Xipolopolos, por 1/0, num jogo histórico, tendo em conta que é a primeira vez  que Moçambique ganha a Zâmbia.

Moçambique está no grupo K, aliás, também, a Guiné Bissau, que está a jogar contra a Namíbia,  enquanto Cabo Verde, figura no grupo L.

A Guiné Bissau, que venceria mais tarde a Namíbia por uma bola a zero, golo marcado aos 22 minutos por Edy. Os Djurtus guineenses jogarão proximamente, contra os Mambas moçambicanos.

Em contrapartida, o jogo de Cabo Verde, que estava prevista para este sábado, contra o Uganda, acabou por ser adiado para este domingo, porque uma parte da comitiva zambiana chegou com atraso já quase na hora em que se devia desenrolar o mesmo jogo.

A Federação caboverdiana de Futebol, reagiu mal, apresentando queixa à CAF, pela falta de comparência da equipa do Uganda, violando as regras, mas mesmo assim, os "Tubarões Azuis", recebem esta tarde, no Estádio da Várzea, na capital, o 11 do Uganda.

Segundo analistas, Cabo Verde, devia ser declarado vencedor, por falta de comparência da equipa adversária.

Os "Tubarões Azuis", que estiveram em estágio recentemente em Portugal, de regresso à casa, treinaram toda a semana, preparando-se para ganhar, a selecção do Uganda e é o que vão tentar fazer este domingo. 

O selecionador do nacional caboverdiano de futebol, Lúcio Antunes, declarou à imprensa que o Uganda está melhor classificado no ranking da FIFA, 71a posição, enquanto Cabo Verde, fica pelos 84° lugar, sublinhou, no entanto, que os seus pupilos estão altamente "atentos" e reforçados pela claque crioula, já que jogam em casa.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI