Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Filipe Nyusi discursou sobre o Estado Geral da Nação

Filipe Nyusi, Presidente de Moçambique.
Filipe Nyusi, Presidente de Moçambique. THIERRY CHARLIER / AFP
Texto por: RFI
4 min

O presidente moçambicano Filipe Nyusi discursou hoje na Assembleia da República  sobre o Estado Geral da Nação. Ao reconhecer encontrar dificuldades nomeadamente em termos económicos, o presidente considerou que o “Estado da Naçao é desafiante mas encorajador”.

Publicidade

Entre os temas em destaque no seu discurso, o chefe do Estado falou dos recentes ataques em Mocímboa da Praia, insistindo sobre a importância de garantir a defesa do território. Ao aludir à situaçao económica do país, o presidente moçambicano falou ainda da necessidade de lutar contra a corrupção e mostrou-se confiante no restabelecimento da confiança dos parceiros de Moçambique.

A questão dos transportes também foi mencionada como sendo uma das preocupações do chefe do Estado, este último tendo lembrado a necessidade de melhorar as redes existentes. Filipe Nyusi acrescentou ainda que a companhia de bandeira Linhas Aéreas de Moçambique vai ser restruturada e retirada da lista negra do espaço europeu.

A questão da saúde e do emprego também mereceram destaque no discurso do presidente que anunciou, nomeadamente, a entrada em funcionamento de 29 centros de saúde espalhados pelo país.

A oposição, contudo, não partilhou o ponto de vista expressado pelo presidente relativamente ao Estado da Nação. No mesmo sentido, já ontem, antes mesmo do discurso presidencial, organizações da sociedade civil chamaram a atenção sobre “a má situação do país para a população”. Para estas entidades, é necesário apostar mais na educação e na saúde. Mais pormenores com Orfeu Lisboa.

Orfeu Lisboa, correspondente da RFI em Maputo

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.