Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Moçambique: Campanha eleitoral arrancou em Nampula

Mahamudo Amurane, Edil de Nampula, assassinado a 4 de Outubro de 2017.
Mahamudo Amurane, Edil de Nampula, assassinado a 4 de Outubro de 2017. DR
Texto por: RFI
3 min

Arrancou esta terça-feira a campanha eleitoral em Nampula. Durante os próximos 15 dias os cinco candidatos vão procurar influenciar o eleitorado a votarem nos seus partidos. O destaque vai para a Renamo que regressa a uma eleição, o partido da oposição tinha estado ausente das últimas eleições autarquicas.

Publicidade

Já arrancou a caça aos votos na cidade de Nampula, no norte de Mocambique, com vista a eleição intercalar de 24 de Janeiro.

Uma campanha antecedida de um apelo à calma e ao civismo lançado pelo Presidente da Comissão Nacional de Eleições, Abdul Carimo, aos partidos políticos, membros e simpatizantes, bem como aos candidatos.

A campanha vai decorrer até ao próximo dia 21 de Janeiro, restando dois dias para a reflexão antes do acto eleitoral.

Vão a votos 295 mil eleitores neste município para a escolha do novo presidente da autarquia de Nampula em consequência do assassinato do então edil, Mahamudo Amurane.

Entre os cinco candidatos, Amisse Cololo da Frelimo, Paulo Vahanle da Renamo, Filomena Mutoropa do Pahumo, Carlos Saíde do MDM e Mário Muquissine do AMUSI.

Mais pormenores com o nosso correspondente, Orfeu Lisboa.

Correspondência de Orfeu Lisboa

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.