Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Moçambique: Recenseamento com fraca adesão

Imagem de Ilustração.
Imagem de Ilustração. Isaac Kasamani / AFP
Texto por: RFI
3 min

O processo de recenseamento eleitoral de raiz em curso em Moçambique, e com vista as eleições autárquicas de Outubro próximo, está a ser marcado pela fraca adesão. A preocupação foi manifestada pela Presidente da Assembleia da República, Verónica Macamo.

Publicidade

A um mês do final do processo de recenseamento eleitoral com vista às autárquicas de 10 de Outubro, a Presidente da Assembleia da República, Verónica Macamo, manifesta preocupação com os baixos níveis de aderência. Recorde-se que o processo foi iniciado a 17 de Março.

Dados divulgados pelos órgãos eleitorais indicam que desde o início do processo foram recenseados apenas um terço do universo de 8,5 milhões de eleitores esperados daí o apelo da presidente da Assembleia da República.

O recenseamento eleitoral de raiz iniciou-se a 17 de Março e termina a 17 de Maio.

Mais pormenores com o nosso correspondente Orfeu Lisboa.

Correspondência de Orfeu Lisboa

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.