Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Beira despede-se de Afonso Dhlakama

Áudio 08:07
Populares participam nas cerimónias fúnebres do Presidente da Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO), Afonso Dhlakama, na cidade da Beira, Moçambique, 09 de Maio de 2018.
Populares participam nas cerimónias fúnebres do Presidente da Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO), Afonso Dhlakama, na cidade da Beira, Moçambique, 09 de Maio de 2018. Lusa
10 min

O largo da estação ferroviária da cidade da Beira, em Moçambique, foi esta manhã palco das cerimónias fúnebres de Afonso Dhlakama, líder da Renamo.Um momento de emoção para milhares de populares que ali se encontravam para prestarem a última homenagem ao líder. Foi um momento de muitos discursos; Dhlakama foi recordado pela família de sangue, pela família política e por Filipe Nyusi, Presidente de Moçambique, que no elogio fúnebre a Afonso Dhlakama garantiu que a construção da paz vai continuar.Antes, Ivone Soares, sobrinha de Afonso Dhlakama e líder da bancada parlamentar da Renamo, num discurso duro e vigoroso, o mais aplaudido da manhã, lembrou as alegações de fraude eleitoral de 1994 e voltou a sublinhar que contra a tirania todos têm de ser Dhlakama.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.