Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Radicais tanzanianos tentam estabelecer bases em Moçambique

Mocímboa da Praia, em Moçambique. 7 de Março de 2018.
Mocímboa da Praia, em Moçambique. 7 de Março de 2018. ADRIEN BARBIER / AFP
Texto por: RFI
1 min

Polícia tanzaniana anunciou a detenção de 104 homens supostamente ligados a grupos radicais e que pretendiam estabelecer bases em Moçambique.

Publicidade

Da Tanzânia, e através do inspector geral da polícia, Simon Pirro, chegam informações veiculadas pela imprensa nacional e estrangeira da detenção de 104 indivíduos que supostamente procuravam estabelecer bases radicais na província de Cabo Delgado, no extremo Norte de Moçambique.

De acordo com um oficial da polícia moçambicana em Cabo Delgado e que prefere não ser identificado assegura que, nos últimos tempos tem sido intensa a troca de informação entre Moçambique e os países vizinhos para combater estes grupos.

Face a estas informações, e aos ataques armados levados a cabo por grupos de inspiração islâmica há mais de um ano em Cabo Delgado, que já provocaram a morte de perto de cem pessoas e a destruição de bens públicos e privados, as autoridades governamentais moçambicanas apelam a população a uma maior vigilância e à denúncia da presença de pessoas estranhas nas suas comunidades.

Mais pormenores com o nosso correspondente, Orfeu Lisboa.

Correspondência de Orfeu Lisboa

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.