Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Raparigas abandonam escola para casar e serem mães

Escola Primária africana.
Escola Primária africana. Cristiana Soares
Texto por: RFI
5 min

Em Moçambique, 7 mil jovens moçambicanas abandonaram a escola nos últimos três anos devido a casamentos precoces. 

Publicidade

Nove em cada dez meninas moçambicanas ingressam no ensino primário, mas apenas 1,5 por cento chega ao ensino secundário.

Maira Ary Domingos, do Fórum Mulher, diz que, para muitos moçambicanos, a mulher ainda deve ser apenas esposa e mãe. E, como tal, os casamentos permaturos afastam as raparigas da escola.

Oiça aqui a entrevista com Maira Ary Domingos, do Fórum Mulher:

Maira Ary Domingos, Fórum Mulher 06/06/2019

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.