Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Moçambique: Militares estrangeiros estão presentes em Cabo Delgado

Imagem de arquivo.
Imagem de arquivo. STEFAN BARBIER / AFP
Texto por: RFI
4 min

A Renamo, principal partido da oposição em Moçambique, exige que o governo esclareça a presença de forças estrangeiras em Cabo Delgado para combater insurgentes sem a devida autorização do parlamento para o efeito.

Publicidade

Sem meias palavras, o principal partido da oposição em Moçambique quer que o executivo venha a público esclarecer a presença nos últimos tempos de forças estrangeiras no território nacional para combater os grupos armados de inspiração islâmica em Cabo Delgado, no extremo norte do país, exige Venâncio Mondlane, conselheiro do presidente da Renamo, Ossufo Momade.

Venâncio Mondlane, conselheiro do presidente da Renamo

A suposta presença de militares russos, por exemplo, em território nacional nunca foi oficialmente confirmada pelas autoridades moçambicanas mas sabe se que, os ataques armados protagonizados por grupos armados em alguns distritos da província nortenha de Cabo Delgado, já provocaram várias centenas de mortos entre civis e militares, bem como resultaram em mais de 60 mil desalojados e a destruição de várias infra-estruturas públicas e privadas.

Correspondência de Moçambique

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.