Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Cabo Delgado: 30 mil crianças fora do sistema escolar

Imagem de Ilustração.
Imagem de Ilustração. LEON NEAL / AFP
Texto por: RFI
4 min

30 mil crianças não podem frequentar a escola em alguns distritos da Província de Cabo Delgado, em Moçambique, devido aos ataques armados em Cabo Delgado, um anúncio feito pela Ministra da Dducação e Desenvolvimento Humano, Carmelita Namashulua, que reconhece a gravidade da situação.

Publicidade

Factores combinados, chuvas e o conflitos armados na Província de Cabo Delgado, no extremo norte de Moçambique, estão a comprometer o ano lectivo cuja abertura oficial teve lugar a 4 de Fevereiro corrente, explica a situação a Ministra da Educação e Desenvolvimento Humano de Mocambique, Carmelita Namashulua.

Carmelita Namashulua, Ministra da Educação e Desenvolvimento Humano de Mocambique

Ainda assim garante a governante que o executivo tem vista a adopção de medidas para que nenhuma criança seja prejudicada e fique fora do sistema de ensino este ano.

Esta é a situação difícil pela qual passam professores e alunos em alguns distritos alvo de ataques armados em Cabo Delgado.

Mais pormenores com o nosso correspondente, Orfeu Lisboa.

Correspondência de Moçambique

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.