Acesso ao principal conteúdo
Marrocos/atentado

Atentado em Marrakech deixa 15 mortos

Uma violenta explosão em um café de Marrakech deixou 15 mortos e 20 feridos
Uma violenta explosão em um café de Marrakech deixou 15 mortos e 20 feridos REUTERS/Youssef Boudlal
Texto por: RFI
2 min

Uma explosão deixou pelo menos 15 mortos e 20 feridos em Marrekech, no Marrocos, no café Argana, situado na praça Djemaa el Fna, um dos pontos turísticos da cidade. Onze das vítimas, entre elas cinco mulheres, são estrangeiros, segundo as autoridades marroquinas. Seis franceses morreram na explosão, a pior desde o ataque à Casablanca, em 2003.

Publicidade

Seis das vítimas são franceses, segundo informações da TV pública do país. A presidência francesa confirmou que cidadãos do país estão entre as vítimas. De acordo com informações do jornal Le Figaro, um casal de Marselha morreu. A explosão, segundo testemunhas, aconteceu no primeiro andar do café, no terraço. De acordo com um comunicado divulgado pelo Ministério do Interior, a análise dos primeiros indícios recolhidos no local da explosão, confirma a tese de atentado.

Uma das testemunhas relatou que um dos corpos encontrados no local continuam explosivos e pedaços de aço. De acordo com Latifa Idrissi, 28 anos, mulher de um garçom morto no atentado, o dono do café ficou gravemente ferido. De acordo com um depoimento de outro cliente do café, um homem entrou no local, pediu um suco de laranja, e alguns minutos depois acionou os explosivos colados ao corpo. Outra testemunha conta que ele deixou uma mala e foi embora em seguida.

O rei Mohammed VI pediu uma investigação “rápida e transparente” sobre o atentado sobre o atentado, e exigiu que o público seja informado das conclusões do inquérito, anunciou em um comunicado. Este é o pior ataque ocorrido no país desde o atentado de Casablanca, em maio de 2003, que deixou 45 mortos, entre eles, 12 kamikazes.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.