Acesso ao principal conteúdo
Marrocos/Atentado

Rei Mohammed 6 visita Marrakech dois dias após atentado

Coroas de flores foram colocadas em frente ao café Argana, no centro de Marrakesh, em homenagem às vítimas do atentado.
Coroas de flores foram colocadas em frente ao café Argana, no centro de Marrakesh, em homenagem às vítimas do atentado. Reuters
Texto por: RFI
2 min

Um forte esquema de segurança foi montado para receber rei do Marrocos em Marrakech, dois dias após o atentado terrorista que matou 16 pessoas. Mohammed 6 chegou à cidade turística na tarde deste sábado, horário local. Ele visita os 14 feridos da explosão ainda hospitalizados na cidade.

Publicidade

Al Qaeda está sendo apontada como responsável pelo atentado de Marrakech, mas o ataque ainda não foi reivindicado. A polícia marroquina conseguiu fazer um retrato falado do suposto autor da explosão da última quinta-feira. A bomba que explodiu no café Argana teria sido acionada a distância.

O lento e difícil processo de identificação das vítimas do atentado continua. A explosão de quinta-feira no café Argana, no centro turístico de Marrakech, matou 16 pessoas. Pelo menos 11 delas são estrangeiras, sendo 7 franceses. 29 pessoas ficaram feridas. 7 feridos tiveram alta, 4 turistas feridos foram transferidos para seus países de origem e 14 continuam hospitalizados na cidade marroquina.

Coroas de flores foram colocadas pela população marroquina em frente ao café Argana, em homenagem às vítimas. O atentado de Marrakech é o segundo mais grave cometido no país, depois dos ataques islâmicos de Casablanca, em 2003, que deixaram 45 mortos.

A ONG internacional Human Rights Watch pediu neste sábado que as autoridades marroquinas não recuem diante deste atentado e implementem as reformas democráticas prometidas. A ONG também pediu que “abusos graves” não sejam cometidos pela polícia marroquina durante as investigações contra eventuais suspeitos.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.