Acesso ao principal conteúdo
Terrorismo

Talebãs fazem ataques em série em Kandahar

O presidente afegão Hamid Karzai pede aos talebãs que não reajam com violência à morte de Bin Laden.
O presidente afegão Hamid Karzai pede aos talebãs que não reajam com violência à morte de Bin Laden. Reuters/Omar Sobhani
Texto por: RFI
2 min

Kandahar, principal cidade do sul do Afeganistão, foi palco hoje de uma onda de atentados dos talebãs contra edifícios públicos. Dez explosões, das quais seis atentados suicidas, aconteceram na cidade. Duas pessoas morreram e 29 ficaram feridas.  

Publicidade

Dez explosões estremeceram a província de Kandahar neste sábado, sendo confirmados oficialmente seis atentados suicidas. A sede do governo da cidade também foi alvo de um ataque por homens armados, que invadiram um imóvel próximo ao local e pediram para seus ocupantes saírem, posicionando-se para atirar.

Homens armados ocuparam igualmente um hotel perto da sede dos serviços secretos afegãos e dois kamikazes, que tentaram acionar suas bombas perto de duas delegacias, foram mortos antes de concluir suas ações. Entre o vai e vem de ambulâncias, ainda houve troca de tiros por várias horas.

Ofensiva da primavera

Os talebãs reivindicaram os atentados e seu porta-voz, Yusuf Ahmadi, explicou que tudo foi planejado há três semanas. Uma explicação que descarta a relação das operações a uma vingança pela morte de Osama Bin Laden. Ahmadi esclareceu que este sábado marca o começo da ofensiva anual da primavera, anunciada recentemente pelo grupo extremista.

Os talebãs avisaram que estas ações darão um novo impulso à luta contra os inimigos ocidentais, que os expulsaram do poder de Cabul depois dos atentados de 11 de setembro de 2001, que mataram cerca de 3.000 pessoas nos Estados Unidos.

A cidade de Kandahar está sob controle das forças de segurança afegãs e das tropas internacionais da OTAN.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.