Síria/ONU

Conselho de Direitos Humanos da ONU aprova resolução contra a Síria

O Conselho de Direitos Humanos da ONU se reuniu nesta segunda e terça-feira.
O Conselho de Direitos Humanos da ONU se reuniu nesta segunda e terça-feira. Reuters
Texto por: RFI
2 min

OReunidos em Genebra, o Conselho de Direitos Humanos da ONU aprovou nesta terça-feira uma resolução que autoriza a criação de uma comissão internacional independente para investigar a violência contra a população civil na Líbia.

Publicidade

A resolução foi proposta pelos Estados Unidos, a União Europeia além dos quatro países árabes que integram o Conselho : Arábia Saudita, Jordânia, Qatar, Kuwait. O texto foi adotado por 33 votos a favor e nove abstenções. A China, a Rússia, o Equador e Cuba foram contrários à decisão. O documento já havia sido discutido pelos países membros durante uma sessão extraordinária, convocada em regime de urgência nesta segunda-feira.

A resolução determina o envio urgente de observadores ao país ‘para determinar os fatos e circunstâncias que levaram à violação dos direitos humanos na Síria nos últimos meses e conduziram a tais atos.’ A comissão deverá entregar o relatório até o fim de novembro. Segundo a comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Navi Pillay, cerca de 2.200 pessoas morreram desde o início do movimento de contestação na Síria, em março deste ano. "As forças de segurança continuam a utilizar artilharia pesada contra os manifestantes", declarou a comissária na abertura da sessão. Ela ainda ressaltou que os crimes cometidos pelo regime sírio poderão ser julgados pela Corte Penal Internacional.

O representante da Síria, Faysal Khabbaz Hamoui, estimou que o projeto de resolução só prolongaria a crise no país. Ele considerou o voto " parcial, porque condena politicamente a Síria e ignora as tentativas de reforma."  Ele também acrescentou que a Síria autorizaria a entrada da missão da ONU depois que o governo sírio terminar sua própria investigação.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI