Atentado/ Argélia

18 pessoas são mortas em ataque a escola militar

Duplo atentado ocorreu em Cherchell.
Duplo atentado ocorreu em Cherchell. El Watan.com
Texto por: RFI
2 min

Um duplo atentado suicida contra a Academia Militar de Cherchell, a cerca de 100 quilômetros da capital da Argélia, Argel, causou hoje a morte de 18 pessoas: 16 oficiais e dois civis, de acordo com o Ministério da Defesa do país. Outros 20 feridos foram atendidos no hospital da cidade e foram liberadas após serem medicadas. Outras seis vítimas permanecem internadas, uma delas em estado grave.

Publicidade

O atentado ocorreu menos de 10 minutos após o final do jejum do ramadã, o mês sagrado dos muçulmanos. O ataque foi provocado por dois homens-bomba, que acionaram explosivos em frente à escola militar, que foi fundada pela França após o desembarque aliado na África do Norte, em 1942. A instituição se transformou em um centro de formação de altos responsáveis do Exército argelino.

A Defesa atribuiu o ato a “terroristas” que “visam se desfazer do cerco que lhes foi imposto pelas forças de segurança nas últimas semanas”. Desde o início do ramadã, em 1º de agosto, extremistas multiplicaram os ataques contra as autoridades policiais argelinas. Diversas tentativas de atentado foram desmanteladas e suspeitos foram presos.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI