Iraque/Petróleo

Exportações de petróleo do Iraque batem recorde de 1989

O ministro iraquiano do Petróleo, Abdul-Kareem Luaibi.
O ministro iraquiano do Petróleo, Abdul-Kareem Luaibi. REUTERS/Saad Shalash

O Ministério do Petróleo do Iraque anunciou, neste domingo, que as exportações de óleo do país chegaram ao mais alto nível desde 1989. Em março, foram vendidos para o exterior 71,8 milhões de barris, que correspondem a uma média de 2,3 milhões por dia.

Publicidade

"As receitas com essas exportações aumentaram para 8,5 bilhões de dólares. O preço médio foi de 118 dólares por barril", informou o porta-voz do ministério, Assem Jihad.

Ele explicou que a alta se deve ao início do funcionamento, em fevereiro, de um novo terminal flutuante no Golfo, que produz uma média de 850 mil barris por dia. Segundo o porta-voz, as exportações do terminal de Bassora chegam a 59,4 milhões de barris e as de Kirkouk, 12,4 milhões de barris.

O Ministério iraquiano do Petróleo prevê novas altas em abril e nos próximos meses graças ao aumento da capacidade de produção.

A venda de petróleo representa 90% das receitas do governo do Iraque, o equivalente a dois terços do Produto Interno Bruto (PIB). Parte do dinheiro é utilizada para financiar a reconstrução do país apo décadas de guerras e sanções internacionais.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI