Coreia do Norte

Coreia do Norte finaliza preparativos de lançamento de satélite suspeito

Sistema antimíssil japonês fotografado na entrada do Ministério da Defesa, em Tóquio, pronto para responder a agressão norte-coreana.
Sistema antimíssil japonês fotografado na entrada do Ministério da Defesa, em Tóquio, pronto para responder a agressão norte-coreana. REUTERS/Toru Hanai

Contrariando as pressões da comunidade internacional, a Coreia do Norte segue adiante com seu projeto de lançamento de um satélite suspeito de servir para testes militares e nucleares. Segundo um oficial norte-coreano, o país finalizou nesta terça-feira a instalação do satélite no foguete que será usado num lançamento previsto entre os dias 12 e 16 de abril.

Publicidade

Pyongyang afirma que vai lançar em órbita um satélite de observação para fins científicos, mas a comunidade internacional acredita que se trata de uma operação de fachada para a realização de testes militares e nucleares. A agência japonesa de notícias Kyodo também confirmou que os preparativos foram concluídos hoje.

O anúncio provocou uma reação imediata de condenação. A Coreia do Sul afirmou que o lançamento do satélite vai reforçar o isolamento de seu vizinho do norte. A Rússia disse que Pyongyang despreza e viola a resolução do Conselho de Segurança da ONU que exige do país a renúncia a todo tipo de lançamento com tecnologia de foguetes balísticos, seja para fins militares ou civis.

A China, aliada do regime comunista, pediu calma a todas as partes envolvidas. Ontem, os Estados Unidos pressionaram as autoridades de Pequim a convencer os norte-coreanos a desistir do projeto.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI