Acesso ao principal conteúdo
Oriente Médio

Governo palestino toma posse com 25 ministros

O primeiro-ministro palestino Salam Fayyad.
O primeiro-ministro palestino Salam Fayyad. Reuters
2 min

Um novo governo palestino dirigido pelo primeiro-ministro Salam Fayyad prestou sermão hoje em Ramala, na Cisjordania, na presença do presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas. A equipe conta com 25 ministros. A posse do novo gabinete adia por tempo indeterminado a execução do acordo de reconciliação acertado entre o Fatah e o Hamas, os dois grupos rivais que governam a Cisjordânia e a Faixa de Gaza. 

Publicidade

O novo ministério palestino conta com 11 novas pastas, entre elas Economia Nacional, Finanças, Relações com Jerusalém e Justiça. Seis titulares são mulheres.

O Hamas, vencedor das eleições legislativas palestinas de 2006, e que condidera o governo Fayyad ilegítimo, contestou a decisão. Mas o presidente palestino, Mahmoud Abbas, disse que não podia mais esperar. "Vários ministros se demitiram e não foram substituídos, causando paralisia na administração."

O Hamas, partido islâmico no poder na Faixa de Gaza, declarou que o governo Fayyad é "fundado na corrupção", "não tem a confiança da população nem do Conselho Legislativo".

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.