China/Poder

Partido Comunista chinês encerra congresso e se prepara para divulgar novo governo

O vice-presidente chinês, Xi Jinping, discursa durante o 18º Congresso do Partido Comunista da China, que terminou em Pequim nesta quarta-feira.
O vice-presidente chinês, Xi Jinping, discursa durante o 18º Congresso do Partido Comunista da China, que terminou em Pequim nesta quarta-feira. REUTERS/Xinhua/Li Xueren

O 18° congresso nacional do Partido Comunista da China terminou nesta quarta-feira com a divulgação de dois nomes que farão parte do 18° comitê permanente do escritório político, Xi Jinping e Li Keqiang.

Publicidade

Janaína Silveira, correspondente da RFI em Pequim

Ambos já integram essa célula, que é considerada a mais poderosa na herarquia chinesa. Eles devem, aliás, ser os únicos a permanecerem no Politburo.

A cada diretriz aprovada na manhã desta quarta-feira, via-se um ritual que já era esperado: todos os delegados levantavam a mão em sinal de aprovação.

O próximo passo agora é a divulgação do nome do próximo secretário-geral do Partido Comunista, que tem Xi Jinping como candidato certo. O detentor desse cargo acabará sendo elevado à presidência do país em março. Li Keqiang é o mais forte candidato ao cargo de primeiro-ministro. 

O chineses vão conhecer na quinta-feira a composição do comitê permanente do escritório político do Partido Comunista. Essa equipe restrita deve passar, segundo analistas, de nove a sete membros. 

O novo secretário-geral, que substituirá Hu Jintao, será conhecido oficialmente durante a primeira plenária do comitê central do partido, um organismo de 205 membros eleitos hoje. É na sexta-feira que os rumos da nova gestão chinesa passam a ser delineados.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI