Síria/Conflito

Grã-Bretanha reconhece oposição síria

Mouaz al-Khatib, (à direita), chefe da Coalizão Nacional Síria para Forças de Oposição e Revolucionárias (CNS) e o ministro das Relações Exteriores britânico, William Hague.
Mouaz al-Khatib, (à direita), chefe da Coalizão Nacional Síria para Forças de Oposição e Revolucionárias (CNS) e o ministro das Relações Exteriores britânico, William Hague. REUTERS/John Stillwell

Depois da França, a Grã-Bretanha é o segundo país europeu a reconhecer oficialmente de Coalizão da oposição síria como “único representante legítimo do povo sírio”. O anúncio foi feito nesta terça-feira no parlamento britânico, em Londres, pelo disse nesta terça-feira o secretário de Relações Exteriores William Hague.

Publicidade

A decisão britânica foi tomada após a visita dos líderes da oposição síria a Londres na última sexta-feira. William Hague informou que ele pediu à Coalizão para nomear um representante na Grã-Bretanha. O governo britânico também consultou seus parceiros europeus antes de reconhecer “a coalizão nacional da revolução síria e das forças da oposição como o único representante legítimo do povo sírio", declarou Hague.

A Coalizão nacional foi formada no início deste mês em Doha, após pressão internacional para unir a fragmentada oposição síria. O objetivo do grupo é aumentar as chances de garantir ajuda externa e armas no esforço de derrubar o presidente sírio, Bashar al-Assad.

A França, Turquia, as monarquias do Golfo e agora a Grã-Bretanha já reconheceram a Coalizão síria. União Europeia e Estados Unidos ainda não fizeram esse reconhecimento. Os europeus estimam que a oposição síria “é o representante legítimo das aspirações do povo sírio” e os americanos alegam que “ela é uma representante legítima”, mas não a única.

Os combates entre rebeldes e forças leais ao regime de Bashar al-Assad continuam intensos. Na segunda-feira, o conflito deixou 122 mortos, entre eles 57 insurgentes, segundo balanço do Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI