Japão/Sequestro

Homem armado com faca faz 5 reféns em um banco no Japão

Banco do Japão onde um homem armado mantém reféns e exige a demissão do primeiro-ministro japonês, Yoshihiko Noda.
Banco do Japão onde um homem armado mantém reféns e exige a demissão do primeiro-ministro japonês, Yoshihiko Noda. REUTERS/Kyodo

Um homem armado com uma faca tomou cinco pessoas como reféns em um banco na cidade de Toyokawa, na prefeitura de Aichi, na região central do Japão, nesta quinta-feira. Ele exige a demissão do primeiro-ministro e de seu governo. Depois de sete horas, ele liberou uma das reféns.

Publicidade

A invasão do banco aconteceu no início da tarde. A televisão pública NHK disse que o atacante, que teria cerca de 50 anos, mantinha como reféns uma cliente e quatro empregados do estabelecimento. Ele não quis dinheiro e pediu para falar com os jornalistas.

O jornal Asahi afirma que o homem exigiu comida e bebida para dez dias, assim como cigarros e um isqueiro.

A NHK mostrou uma mulher não identificada saindo do banco pouco depois do cair da noite, escoltada por um policial e aparentemente algemada. As televisões japonesas mostram imagens dos arredores do banco, que foi isolado por uma grande quantidade de policiais.

Esse incidente acontece em um momento conturbado da política japonesa. O primeiro-ministro, Yoshihiko Noda, decidiu na semana passada dissolver a câmara baixa do parlamento e convocar eleições legislativas antecipadas para o dia 16 de dezembro. A votação deve causar uma mudança no governo, segundo as pesquisas de opinião.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI