Acesso ao principal conteúdo
África do Sul/Mandela

Mandela está muito melhor diz presidente sul-africano

O ex-presidente sul-africano, Nelson Mandela, está hospitalizado há 16 dias.
O ex-presidente sul-africano, Nelson Mandela, está hospitalizado há 16 dias. REUTERS/Jonathan Evans/File
Texto por: RFI
2 min

Nelson Mandela, internado há mais de duas semanas em um hospital de Pretoria, recebeu nesta terça-feira, 25 de dezembro de 2012, a visita da família e do presidente sul-africano. Jacob Zuma disse em comunicado que o ex-presidente tinha aparência muito melhor e estava feliz em receber visitas neste dia de Natal.

Publicidade

O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, visitou Nelson Mandela ao lado da mulher e de outros familiares do herói da luta contra apartheid. Em comunicado divulgado após a visita, ele disse que os médicos estão satisfeitos com os progressos na recuperação do ex-presidente. Zuma disse ainda que Mandela não está abatido.

O prêmio Nobel da Paz, de 94 anos, foi hospitalizado no dia 9 de dezembro por causa de uma infecção pulmonar. No dia 15 de dezembro, ele teve que ser submetido a uma cirurgia para a retirada de pedras na vesícula.

Até o momento, poucas indicações sobre o tratamento ou a gravidade do estado de saúde de Nelson Mandela foram divulgadas. A presidência sul-africana pede que a vida privada do ex-chefe de Estado seja respeitada. O neto do antigo líder sul-africano, Mandla Mandela, entrevistado pela televisão eNCA, disse que a família estava triste com a ausência de Mandela nas comemorações de Natal em seu vilarejo.

Nelson Mandela presidiu a África do Sul de 1994 a 1999. Ele foi visto em público pela última vez na final da Copa do Mundo de futebol, organizada por seu país, em 2010. Em janeiro de 2011, ele foi hospitalizado durante dois dias para o tratamento de uma infecção pulmonar.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.