Camboja

Morre Ieng Sary, um dos líderes do Khmer Vermelho e acusado de genocídio

Ieng Sary, ex-ministro das Relações Exteriores do Khmer Vermelho, morreu nesta quinta-feira, aos 87 anos.
Ieng Sary, ex-ministro das Relações Exteriores do Khmer Vermelho, morreu nesta quinta-feira, aos 87 anos. REUTERS/Mark Peters/ECCC/Handout/Files

O ex-minsitro das Relações Exteriores do regime cambojano, estava com 87 anos e era acusado de crimes de guerra e crimes contra a Humanidade. Ele morreu nesta quinta-feira(14), em um hospital, anunciou a justiça do país.

Publicidade

"Nós podemos confirmer que Ieng Sary morreu nesta manhã depois de ter ficado internado desde o último dia 4 de março", declarou Lars Olsen, porta-voz da Corte Cambojana. O ex-ministro era a personalidade que ainda representava o regime totalitário marxista(1975-1979), responsável pela morte de dois milhões de pessoas. Sary estava sendo julgado pelo Tribunal de Phnom Penh(reconhecido pelas Nações Unidas) com o ex-líder Khieu Samphan, 81 anos, e o responsável pela ideologia do regime, Nuon Chea, 86 anos.

"Os procuradores vão investigar as causas da morte, antes de liberar corpo à família", anunciou o porta-voz Olsen. Ele diz que é "lamentável" que a justiça não tenha tido o tempo de se pronunciar sobre as acusações feitas contra Sary. Segundo Lars Olsen, a morte não terá nenhum impacto no processo dos dois outros acusados.

Ieng Sary morre sem ter explicado o papel que desempenhou no regime que destruiu 25% da população do Camboja, esvaziando cidades, retirando a moeda local de circulação, negando o direito das pessoas sà prática religiosa e à educação. As medidas mergulharam o país numa fase conhecida pela repressão e o terror.

"Trata-se de um golpe duro para o tribunal", constatou Heather Ryan, da ONG Open Society Justice Initiative. "A morte dele, antes da conclusão do processo, deixará todos os moradores do país em um mar de frustração, sem esperanças de poder esclarecer a responsabilidade sobre os crimes cometidos pelos Khmers Vermelhos", concluiu Ryan.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI