Iraque/Terrorismo

Série de ataques deixa 18 mortos em Bagdá

Pelo menos 18 pessoas morreram em três atentados e no ataque ao ministério da Justiça em Bagdá, nesta quinta-feira, 14 de março de 2013
Pelo menos 18 pessoas morreram em três atentados e no ataque ao ministério da Justiça em Bagdá, nesta quinta-feira, 14 de março de 2013 REUTERS/Saad Shalash

Três explosões com carros-bomba aconteceram nesta quinta-feira, 14 de março de 2013, na hora do almoço no centro da capital iraquiana. No mesmo momento, homens armados invadiram o ministério da Justiça. Os ataques deixaram 18 mortos e cerca de 30 feridos.

Publicidade

Essa nova série de ataques no Iraque acontece a poucos dias do aniversário da invasão das tropas americanas ao país. Os atentados não foram reivindicados, mas grupos armados sunitas que atuam no país, como a Al Qaeda, atacam com freqüência as forças de segurança e os representantes do governo iraquiano, liderado pelo xiita Nouri al-Maliki.

Os três atentados com carros-bomba aconteceram no bairro central de Allawi, onde estão localizados os ministérios das Relações Exteriores, da Cultura e da Justiça. Testemunhas ouviram tiros no local após as explosões. Logo em seguida, homens armados tentaram invadir o ministério da Justiça, que fica a 200 metros da chamada “Zona Verde”, onde ficam o Parlamento iraquiano e várias embaixadas estrangeiras.

Uma fonte do ministério do Interior informou que ao todo 18 pessoas morreram e 30 ficaram feridas, sem dar detalhes sobre o número de vítimas de cada ataque. Três rebeldes teriam sido mortos na tentativa de invasão do ministério da Justiça. Todos os funcionários estão são e salvos. Os confrontos aconteceram na entrada do prédio, informou o porta-voz do ministério da Justiça.

Esta foi o pior episódio de violência do país desde o início de março. No mês passado, 220 pessoas morreram em ataques diversos em todo o país.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI