Japão/Nuclear

Confirmado: rato provocou pane em central de Fukushima

Usina Nuclear de Fukushima: dois anos depois do acidente, um rato causou um novo susto.
Usina Nuclear de Fukushima: dois anos depois do acidente, um rato causou um novo susto. REUTERS/Kyodo/Files

Um rato provocou o curto-circuito que levou à uma pane elétrica que paralisou por 30 minutos uma parte do sistema de resfriamento da central nuclear de Fukushima. A confirmação foi feita nesta segunda-feira pela Tepco, empresa que administra a usina.

Publicidade

Segundo um relatório ilustrado com fotografias de um rato encontrado desfigurado nas instalações elétricas, o animal provocou uma junção entre dois conectores que levaram aos problemas nos equipamentos. O rato provavelmente morreu devido a violenta carga elétrica como ficou demonstrado nas seqüelas pelo seu corpo.

“Vamos tomar mais precauções para evitar que pequenos animais entrem nas instalações”, prometeu a Tepco.

A pane aconteceu na segunda-feira, 18 de março. Por volta das 19 horas, pelo horário local, houve uma queda brutal de parte das instalações da central de Fukushima Daiichi, interrompendo os dispositivos de resfriamento das piscinas de desativação dos reatores nucleares 1, 3 e 4, e de um reservatório comum no qual são tratados combustíveis usados.

Os equipamentos se encontram dentro de um caminhão estacionado ao lado dos prédios. A companhia informou que a pane tinha origem nos painéis de distribuição de energia elétrica. A pane revelou a precariedade dos dispositivos atualmente à disposição de central nuclear e irritou os especialistas que denunciar a alta de investimentos para a segurança do local
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI