Paquistão/Terremoto

Forte terremoto no sudoeste do Paquistão deixa ao menos 33 mortos

O epicentro do terremoto foi registrado a 100 km da cidade Khuzdar, na província paquistanesa do Baluchistão.
O epicentro do terremoto foi registrado a 100 km da cidade Khuzdar, na província paquistanesa do Baluchistão. wikipédia

O tremor de magnitude 7,8 na escala de Richter atingiu nesta terça-feira, 24 de setembro de 2013, a província do Baluchistão, no sudoeste do Paquistão. Ao menos 33 pessoas morreram e 25 ficaram feridas. As autoridades paquistanesas acreditam que o número de vítimas possa aumentar.

Publicidade

O epicentro do terremoto foi registrado a 15 quilômetros de profundidade e a 100 km da cidade de Khuzdar, no Baluchistão. O tremor foi tão forte que foi sentido em Karachi, capital econômica no sul do Paquistão, e até na capital da Índia, Nova Déhli. Temendo um número elevado de vítimas, o Serviço Geológico dos EUA (USGS) emitiu um alerta vermelho.

O distrito de Awaran, uma região pouco habitada e sem prédios altos, foi o mais atingido. Várias casas da cidade de Quetta foram destruídas. Seis pessoas morreram e 25 ficaram feridas. As autoridades paquistanesas temem que este balanço de vítimas seja provisório e lançaram uma operação para socorrer e resgatar as vítimas do terremoto em Awaran.

No último mês de abril, um forte terremoto atingiu o leste do Irã, deixando 41 mortos. A grande maioria das vítimas morava em uma pequena cidade da província paquistanesa do Baluchistão, que fica na fronteira com o Irã.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI