Acesso ao principal conteúdo
China/Coreia do Norte

Avião de passageiros chinês quase é atingido por míssil norte-coreano

O líder norte-coreano Kim Jong Un.
O líder norte-coreano Kim Jong Un. REUTERS/Jason Lee
2 min

Um avião chinês de passageiros atravessou a trajetória de um míssil disparado pela Coreia do Norte. O incidente aconteceu na última terça-feira, mas só foi revelado ontem pelo ministério sul-coreano da Defesa. A China expressou sua "profunda preocupação" com o caso às autoridades de Pyongyang.

Publicidade

O porta-voz do ministério das Relações Exteriores chinês, Qin Gang, informou hoje que a China pediu ao governo norte-coreano para garantir a segurança das aeronaves que sobrevoam a região.

O avião pertencente à companhia China Southern Airlines, segundo a mídia asiática, cruzou com o míssil norte-coreano quando este se encontrava em trajetória descendente. O avião chinês havia decolado do aeroporto japonês de Tokyo-Narita com destino à cidade de Shenyang, no nordeste da China.

O exército norte-coreano disparou dois mísseis de curto alcance na terça-feira, na costa leste do país, de acordo com o ministro sul-coreano da Defesa.

O regime comunista da Coreia do Norte, considerado o mais fechado do mundo, realiza regularmente testes com mísseis nucleares para firmar seu poder e sua oposição ao ocidente, provocando protestos da comunidade internacional.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.