Acesso ao principal conteúdo
Turquia/Twitter

Autoridades turcas se encontram com representantes do Twitter

Twitter est rétabli en Turquie mais le gouvernement garde encore la main sur une partie d'Internet.
Twitter est rétabli en Turquie mais le gouvernement garde encore la main sur une partie d'Internet. REUTERS/Dado Ruvic
Texto por: RFI
2 min

Um representante do governo turco reuniu-se nesta segunda-feira (14) com o vice-presidente do site Twitter, que há duas semanas está bloqueado no país e que vem recebendo críticas do primeiro-ministro conservador Recep Tayyip Erdogan.

Publicidade

As autoridades turcas interromperam o acesso à rede social no dia 20 de março, depois que representantes da oposição utilizaram a plataforma para transmitir gravações envolvendo o primeiro-ministro turco em um escandâlo de corrupção. A decisão suscitou uma avalanche de críticas por parte de seus aliados da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) e das organizações de defesa dos Direitos Humanos.

A reunião entre Tayfun Acarer, representante da BTK, o organismo governamental turco que gerencia as tecnologias de informação, e os dirigentes do Twitter durou várias horas. Até o final desta tarde, o encontro ainda não tinha terminado. "Vamos pedir ao site que respeite o julgamento da justiça do país", declarou o responsável turco. O vice-presidente do site, Colin Crowell, não deu nenhuma declaração.

No início do mês, a Corte Constitucional do país determinou o desbloqueio do site, considerando que a decisão do governo turco violava o direito à liberdade de expressão. No sábado, o chefe de governo reiterou as críticas contra a rede social, acusando a empresa de evasão fiscal.

O governo turco também acusa o Twitter de ter recusado retirar do ar conteúdos julgados “difamatórios”. Segundo o ministro das Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu. “Twitter deveria ter um escritório na Turquia”, declarou. Além do Twitter, o governo de Erdogan também bloqueou o acesso ao site de vídeos You Tube, pelos mesmos motivos.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.