Israel/Palestina

Mahmoud Abbas pede que Israel suspenda ofensiva contra Faixa de Gaza

A aviação israelense lançou novos ataques aéreos contra a Faixa de Gaza na madrugada desta terça-feira, 8.
A aviação israelense lançou novos ataques aéreos contra a Faixa de Gaza na madrugada desta terça-feira, 8. REUTERS/Ahmed Zakot

O presidente palestino Mahmoud Abbas exigiu nesta terça-feira (8) que Israel coloque imediatamente fim à operação aérea lançada na noite desta segunda contra a faixa de Gaza.

Publicidade

Em um comunicado, ele pediu a intervenção da comunidade internacional para colocar um fim à escalada de violência na região. Nesta segunda-feira, o exército israelense intensificou a ofensiva militar contra a faixa de Gaza, após disparos de dezenas de foguetes palestinos.

O território foi alvo de cerca de 50 ataques aereos durante a última noite. Ao menos 17 palestinos ficaram feridos, sendo sete crianças e duas mulheres. Cinco casas foram destruídas, segundo fontes palestinas.

O porta-voz do exército israelense confirmou a operação que, segundo ele, visa o movimento Hamas, que dirige o território, e tem o objetivo de diminuir o número de disparos contra Israel.

Reforços foram enviados à fronteira com a Faixa de Gaza em preparação a um eventual ataque terrestre ao territorio, disse o porta-voz. Na manhã desta segunda-feira, escolas, diversas colônias de férias israelenses situadas num raio de 40 quilômetros em torno da faixa de Gaza foram fechadas por medida de segurança.

Nas últimas 24 horas, cerca de 80 foguetes palestinos atingiram Israel, ferindo um soldado e destruindo duas casas. A tensão aumentou ontem depois que de três judeus extremistas, detidos no domingo, confessaram ter assassinato o jovem palestino, queimado vivo, na semana passada.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI