Malaysia/Ucrânia

Especialistas constatam impactos na fuselagem do avião da Malaysia

Chegada dos primeiros corpos de vítimas do avião da Malaysia Airlines abatido na Ucrânia.
Chegada dos primeiros corpos de vítimas do avião da Malaysia Airlines abatido na Ucrânia. Reuters

Observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) e especialistas malaios constataram pequenos impactos, “quase perfurações”, na fuselagem do Boeing 777 da Malaysia Airlines, abatido na semana passada no leste da Ucrânia. A informação foi dada nesta quarta-feira (23), em Donetsk, por um porta-voz da OSCE.

Publicidade

“Algumas partes que vimos e fotografamos apresentavam impactos, quase vestígios de perfuração da fuselagem”, declarou Michael Bociurkiw, porta-voz da missão da OSCE na Ucrânia. Algumas peças geraram muito interesse por parte dos especialistas malaios, ele informou, acrescentando que restos humanos ainda estão espalhados pelo local do acidente.

Jornalistas da AFP presentes no local da catástrofe também viram peças que pareciam ser da fuselagem do aparelho, com marcas que poderiam ser estilhaços de morteiros.

Paralelamente, os 40 primeiros corpos de vítimas chegaram hoje na Holanda. Dos 298 ocupantes do avião, 193 eram de nacionalidade holandesa. O rei Willem Alexander e a rainha Máxima estavam presentes no aeroporto de Eindhoven para a chegada dos restos mortais. Um dia de luto oficial foi declarado nesta quarta-feira no país.

Engano

Os Estados Unidos dizem que o Boeing foi abatido por engano pelos rebeldes. Mal treinados, eles não perceberam que se tratava de um voo comercial de passageiros, informaram fontes dos serviços secretos americanos.

Washington está convencido de que o voo MH17 foi derrubado na última quinta-feira por um míssil SA-11, de fabricação russa, disparado do território no leste da Ucrânia, controlado por separatistas. Os americanos consideram improvável a explicação russa que responsabiliza o governo de Kiev pela queda.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI