Argélia/Acidente

Avião da Air Algérie cai com 116 pessoas a bordo

Air Algérie anunciou nesta quinta-feira (24) ter perdido contato com um de seus aviões.
Air Algérie anunciou nesta quinta-feira (24) ter perdido contato com um de seus aviões. REUTERS/Xavier Larrosa

A agência de aviação da Argélia confirmou que o avião Air Algérie que fazia a rota entre Uagadugu e Argel caiu com 116 pessoas a bordo, sendo 110 passageiros e 6 tripulantes. Pelo menos 51 franceses estavam na aeronave. As autoridades locais afirmam terem avistado os destroços do aparelho no norte do Mali. 

Publicidade

A aeronave partiu de Uagadugu, capital do Burkina Faso, com destino a Argel, mas, segundo a empresa, o voo AH 5017 deixou de fazer contato cerca de 50 minutos depois da decolagem.

De acordo com o ministro dos Transportes de Burkina Faso, Jean Bertin Ouédraogo, o piloto da aeronave havia solicitado autorização para mudar a trajetória por causa de uma tempestade. Um boletim climático informa que, na hora da perda de contato, o avião sobrevoava o norte do Mali e atravessava uma zona com fortes rajadas de vento e intensa atividade elétrica.

“A Air Algérie informa que os serviços de navegação aérea tiveram o último contato com o voo AH 5017, que cobre o trajeto entre Uagadugu e Argel, neste dia 24 de julho à 1h55 GMT [22h55 de quarta-feira em Brasília]”, afirmou, em comunicado, a companhia.

A empresa colocou em andamento um “plano de emergência”. Dois caças Mirage 2000 franceses vasculham a rota percorrida pelo voo AH 5017 em busca de destroços.

No início da noite as autoridades africanas informaram que os restos do aparelho teriam sido avistados no norte do Mali. "Nós acabamos de encontrar o avião argelino a 50 km da fronteira com Burkina Faso", declarou o general burquinabense Gilbert Diendiéré, sem dar mais detalhes. 

Lista de passageiros

Todos os passageiros deveriam fazer escalas em Argel. Uma lista preliminar revelou que, no voo AH 5017, pelo menos 51 passageiros eram franceses e 24 vinham do Burkina Faso. Os demais eram libaneses (8), argelinos (6), espanhóis (6), canadeneses (5), alemães (4) e luxemburgueses (2). Os seis tripulantes eram espanhóis.

O presidente francês, François Hollande, se exprimiu após o acidente. Segundo ele, ainda é cedo para afirmar o que aconteceu. "Mas já sabemos que a tripulação assinalou, 1h48 da madrugada, que deveria mudar de rota por causa das condições meteorológicas particularmente difíceis", disse o chefe de Estado. O líder francês também afirmou que as autoridades do país  estão "inteiramente mobilizadas" para encontrar o avião e ajudar as famílias das vítimas.

A última catástrofe aérea da Air Algérie aconteceu em 2003. Na ocasião, uma aeronave da empresa caiu logo após a decolagem . O acidente deixou 102 mortos.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI