Israel/Palestina

Um israelense morto e três feridos por palestinos em ataques de arma branca

Um carro atropelou pedestres nas ruas de Jerusalém na semana passada.
Um carro atropelou pedestres nas ruas de Jerusalém na semana passada. MIDEAST-JERUSALEM/VIOLENCE REUTERS/Alex Kolomoisky

Um israelense foi morto e três ficaram feridos – entre eles um soldado – em dois ataques diferentes nesta segunda-feira (10), ambos com golpes de faca. Os atentados estão ligados ao conflito sobre a Esplanada das Mesquitas, lugar sagrado de Jerusalém que é alvo de disputa de palestinos e israelenses.

Publicidade

O primeiro incidente ocorreu na estação de trens de Tel Aviv. Um soldado foi ferido gravemente. Este foi o primeiro ataque deste tipo na capital econômica do país. O suspeito de cometer o crime, um habitante da Naplouse, na Cisjordânia, acabou preso. Ele disse que a agressão teria razões políticas.

Algumas horas mais tarde, um palestino esfaqueou três pessoas perto da colônia israelense de Alon Shvut, na Cisjordânia, matando uma mulher. Um guarda baleou o agressor, que ficou ferido.

Confrontos diários

Desde o fim do conflito armado na Faixa de Gaza durante o último verão, a região leste de Jerusalém se tornou o novo palco de confrontos quase diários, mas a violência aumentou nas ultimas duas semanas, principalmente após a morte de dois israelenses em atentados com carros desgovernados na última quarta-feira.

No centro da discussão está a Esplanada das Mesquitas, chamada pelos judeus de Monte do Templo, que é o terceiro lugar sagrado do Islã e o primeiro do judaísmo. A reza é proibida aos judeus no local, mas cresce o movimento em Israel para que a regra seja alterada.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI