Japão/Política

Japão dissolve parte do Parlamento e terá eleições antecipadas

O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe após o anúncio da dissolução da Câmara baixa do Parlamento.
O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe após o anúncio da dissolução da Câmara baixa do Parlamento. REUTERS/Yuya Shino

A Câmara baixa do parlamento japonês foi dissolvida nesta sexta-feira (21) por decisão do primeiro-ministro Shinzo Abe. A manobra visa convocar eleições antecipadas no país. O pleito é visto como um referendo sobre a política do premiê, questionado desde que a economia do Japão entrou em recessão.

Publicidade

Dois anos e meio após chegar ao poder e faltando dois anos para o término de seu mandato, o premiê Shinzo Abe considerou necessária essa dissolução para rever uma lei votada em 2012 sobre a evolução do imposto sobre valor agregado. O premiê pretende adiar para abril de 2017 um segundo aumento do imposto que estava previsto inicialmente para outubro de 2015. O primeiro reajuste, adotado em abril deste ano, prejudicou a retomada do crescimento e contribuiu para o país entrar em recessão.

Ao justificar a dissolução, Abe explicou que toda decisão relativa ao sistema fiscal, que tem forte influência na vida da população, deve ter o aval dos eleitores. A decisão do premiê causou surpresa, já que ele dispõe de uma maioria confortável na casa, com o apoio de dois terços dos deputados.

As eleições antecipadas devem acontecer em 14 de dezembro e o número de cadeiras vai diminuir de 480 para 475.

Recessão

O Japão entrou em recessão no terceiro trimestre deste ano, com uma queda de 1,6% em seu Produto Interno Bruto (PIB). A baixa foi inesperada, pois o país havia registrado uma alta no imposto sobre vendas em abril. O premiê japonês continua defendendo a sua política econômica.

Segundo uma pesquisa de opinião publicada nesta sexta-feira no jornal Asahi Shimbun, a índice de popularidade do chefe do governo nunca esteve tão baixo. Abe dispõe de apenas 39% de aprovação da população.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI