Acesso ao principal conteúdo
Iémen

Mais de 80 mortos em 24 horas no Iémen

Confrontos intensificam-se em Taez, Iémen.
Confrontos intensificam-se em Taez, Iémen. REUTERS/Stringer
Texto por: RFI
2 min

Continua a batalha pela localidade estratégica de Taez. Os violentos confrontos entre as forças afectas ao regime e os rebeldes já fizeram mais de 80 mortos, nas últimas 24 horas. Trata-se da terceira cidade do Iémen e é considerada estratégica para derrubar a capital Sanaa, nas mãos dos rebeldes hutis desde Janeiro.

Publicidade

Prosseguem em Taez os violentos combates entre os rebeldes hutis e as forças fiéis ao regime do presidente Abd Rabbo Mansour Hadi, exilado na vizinha Arábia Saudita. 

De acordo com fontes militares citadas pela agência de notícias AFP, nas últimas 24 horas morreram mais de 80 pessoas. Nos escombros da cidade foram encontrados os corpos de 50 rebeldes xiitas e 31 corpos das forças pró-governamentais.

As forças do regime, apoiadas por uma coligação liderada pela Arábia Saudita, tentam conquistar a cidade de Taez, depois de no último mês terem vencido os confrontos em cinco localidades do sul do país, incluindo Aden. Vitórias que se devem em grande parte aos ataques aéreos da coligação árabe.

Taez, terceira cidade do Iémen, é considerada uma porta de entrada em direcção à capital Sanaa, sob controlo dos rebeldes xiitas desde Janeiro.

Os rebeldes xiitas hutis, originários do norte do Iémen e apoiados pelo Irão, assumiram desde Julho de 2014 o controlo de largas áreas do país. Facto que levou a vizinha Arábia Saudita a assumiu em Março passado a liderança de uma coligação de apoio às forças leais ao presidente exilado, Abd Rabbo Mansur Hadi.

Dados das Nações Unidas referem que o conflito no Iémen causou desde Março cerca de 4.400 mortos, metade dos quais civis, e milhares de feridos. 80% dos 21 milhões de habitantes do Iémen precisam de ajuda e protecção e 1,3 milhões de iemenitas fugiram das suas casas.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.