Acesso ao principal conteúdo
Atletismo

Quénia amealha mais duas medalhas de ouro

Hyvin Kiyeng Jepkemoi, atleta queniana, venceu a prova dos 3000 metros com obstáculos femininos.
Hyvin Kiyeng Jepkemoi, atleta queniana, venceu a prova dos 3000 metros com obstáculos femininos. REUTERS/David Gray
Texto por: Marco Martins
2 min

O Quénia continua a ampliar a sua colecção de medalhas de ouro nos Mundiais de atletismo que decorrem em Pequim na China. Esta quarta-feira os quenianos amealharam mais duas medalhas de ouro.

Publicidade

Foi mais um dia em cheio para o Quénia que arrecadou mais duas medalhas de ouro.

Nos 3000 metros com obstáculos femininos, Hyvin Kiyeng Jepkemoi superiorizou-se à tunisina Habiba Ghribi e à germânica Gesa Felicitas Krause.

No lançamento do dardo masculino, Julius Yego ficou à frente do egípcio Ihab Abdelrahman El Sayed e do finlancês Tero Pitkämäki.

A comitiva queniana lidera cada vez mais a tabela classificativa das Nações com seis medalhas de ouro, três de prata e duas de bronze. De referir que o Quénia arrecadou o dobro de medalhas de ouro em relação à segunda nação, o Reino Unido, que tem "apenas" três.

O dia ficou ainda marcado pela vitória sul-africana de Wayde Van Niekerk nos 400 metros masculinos à frente do norte-americano LaShawn Merritt e do atleta da Granada, Kirani James.

Por fim o mundo lusófono arrecadou a sua primeira medalha nos mundiais! A brasileira Fabiana Murer no salto com vara feminino, alcançou a medalha de prata atrás da cubana Yarisley Silva e à frente da grega Nikoléta Kyriakopoúlou.

Para sermos completos, de referir que na última final do dia, nos 400 metros femininos, foi a checa Zuzana Hejnová que se superiorizou as norte-americanas, Shamier Little e Cassandra Tate, respectivamente segunda e terceira.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.