Acesso ao principal conteúdo
Afeganistão

Comando talibã liberta prisioneiros em Ghazni

Marcas do violento ataque dos talibãs à cadeia de Ghazni
Marcas do violento ataque dos talibãs à cadeia de Ghazni DR
Texto por: RFI
3 min

Foi na madrugada desta segunda-feira que um comando de seis talibãs, armados e com uniformes militares, penetrou na prisão de Ghazni, no centro do Afeganistão, e libertou 355 prisioneiros, causando a morte de quatro polícias e ferindo dezenas de pessoas. 

Publicidade

Os talibãs reivindicaram rápidamente o ataque à cadeia de Ghazni. Num comunicado, os talibãs explicam que os prisioneiros  postos em liberdade são todos combatentes e comandantes talibãs, e que foram levados  para zonas sob controlo de "mujahedines".

O ataque destinava-se a libertar  um grande número de presos, e tinha sido planeado desde há muito . Prova disso é o túnel de um quilómetro que tinha sido escavado durante  meses para permitir  uma evasão  rápida e segura.

Afeganistão

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.