Acesso ao principal conteúdo
ATLETISMO

Escândalo de doping no atletismo

Dick Pound, ex-presidente da Agência mundial anti-doping (AMA) e co-autor do relatório sobre doping e corrupção no atletismo russo.
Dick Pound, ex-presidente da Agência mundial anti-doping (AMA) e co-autor do relatório sobre doping e corrupção no atletismo russo. REUTERS/Denis Balibouse
Texto por: RFI
2 min

Um relatório da Agência mundial anti-doping acusou a Rússia de ter sabotado os Jogos Olímipicos de 2012 em atletismo ao encobrir casos de doping e pedindo a sua exclusão do mundo desportivo. Moscovo reagiu rejeitando tais acusações.

Publicidade

O presidente da federação internacional de atletismo, Sebastian Coe, deu até à semana à Federação russa para que responda a tais alegações de corrupção antes de tomar uma decisão sobre o caso.

E isto enquanto a Agência mundial anti-doping (AMA) deplorou uma "cultura de batota profundamente enraízada" no atletismo russo preconizando a exclusão de Moscovo para 2016.

A AMA alegava mesmo esperar que as próprias autoridades russas tomassem a iniciativa de se demarcar da competição por forma a sanear a situação permitindo, desta feita, que os seus atletas pudessem posteriormente voltar a competir.

Enquanto isso o ministro russo do desporto, Vitali Moukto, acusou essa entidade de ter ordenado destruir os testes anti-doping efectuados por atletas russos, segundo noticiou a agência Interfax.

Um escândalo que rebenta após o antigo presidente da federação internacional de atletismo, o senegalês Lamine Diack, e o seu conselheiro jurídico, Habib Cissé, terem sido indiciados na semana passada em Paris num caso de corrupção.

Uma suspensão da federação russa seria uma medida espectacular já que a Rússia é uma das nações com mais medalhas em atletismo.

Nos Jogos Olímpicos de Londres de 2012 a Rússia classificou-se como segunda nação com maior número de medalhas em atletismo, a seguir aos Estados Unidos, ao obter 17 medalhas, incluindo 8 de ouro.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.