Acesso ao principal conteúdo
Alemanha

Alemanha junta-se à coligação internacional na Síria

路透社
Texto por: RFI
4 min

Na Alemanha, os deputados autorizaram esta sexta-feira, em apoio à França após os atentados em Paris, enviar 1 200 soldados e meia-dúzia de aviões para participar em operações militares internacionais contra o grupo terrorista Estado Islâmico.

Publicidade

O Bundestag, o parlamento germânico, aprovou com uma larga maioria, 445 votos a favor, 146 contra e sete abstenções, num total de 598 votos, o plano do executivo da chanceler alemã Angela Merkel que tem uma forte maioria juntando os cristãos-democratas e os socio-democratas.

O projecto militar prevê o envio de 1 200 soldados em 2016, o que representa a maior missão da Alemanha no estrangeiro. Berlim prevê também o envio de seis aviões Tornado para missões de reconhecimento na Síria a partir da Turquia e deverá também enviar uma fragata para se juntar ao porta-aviões francês Charles-de-Gaulle.

A data para o início da missão não foi ainda revelada.

Noutro âmbito, de referir que os 28 ministros do Interior da União Europeia reúnem-se esta sexta-feira em Bruxelas, na Bélgica para debater as medidas de luta contra o terrorismo e a estratégia de segurança no interior da União, em causa estarão as negociações no Parlamento Europeu sobre a utilização dos dados das pessoas que viajam pela Europa. Por fim o último tema abordado será a crise migratória.

Ouça a crónica sobre o voto do Parlamento Alemão.

Crónica de Marco Martins

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.