Acesso ao principal conteúdo
Terrorismo

E possível impedir o financiamento do terrorismo?

Petróleo é uma das fontes de receita do terrorismo
Petróleo é uma das fontes de receita do terrorismo DR
Texto por: Vitor Matias
3 min

Estudos recentes revelam que o grupo terrorista Estado Islâmico tem um orçamento de - pelo menos - 2 bilhões de dólares. Estes gigantescos meios financeiros são provenientes de várias fontes, entre as quais a venda de petróleo, ou os donativos de países do Golfo Pérsico. Será que é possível privar o terrorismo dessa riqueza assassina ?  

Publicidade

O grupo terrorista auto-proclamado Estado Islâmico possui uma enorme fortuna, adquirida de várias formas, entre as quais podemos citar : A venda de petróleo, sobretudo depois da captura de Mossul, em 2014; contrabando de cigarros, medicamentos, ou antiguidades - vindas do Iraque, ou da Síria. Mas também o rapto e o tráfico de pessoas.
 

Pior do que isso:  Um relatório da Amnistia Internacional, apresentado esta terça feira, revela que o Estado Islâmico é armado indirectamente pela Rússia, Estados Unidos, China, Alemanha e Bélgica. Trata-se dum  imenso tráfico de armas, pistolas, metrelhadoras, ou tanques de guerra, que chegaram ao Iraque entre 1980 e 2000. A Amnistia Internacional fala de comércio irresponsável, e revela que 25 países estão implicados...

A luta contra o financiamento do terrorismo foi debatido esta manhã, em Bruxelas,  pelos 28 ministros da Economia e Finanças da União Europeia. Na opinião da eurodeputada socialista Ana Gomes, a Europa e os Estados Unidos possuem vários mecanismos destinados a impedir o financiamento do terrorismo, mas terão de ser aplicados com rigor...

Entrevista de Ana Gomes

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.